Doenças Sexualmente Transmissíveis

Glossário
Home Page
Perguntas Frequentes







Existem muitos termos que são utilizados na área médica e que, eventualmente, não são do conhecimento do público em geral. Para dirimir dúvidas estamos disponibilizando abaixo um glossário (vocabulário) de termos técnicos utilizados no site, bem como termos afins relacionados com as doenças aqui mencionadas:

Agente etiológico (*) : entidade biológica, física ou química causadora de doenças.
Anamnese : entrevista na qual o profissional (médico, dentista etc) colhe informações do paciente acerca de seu(s) problema(s) de saúde.
Antibacteriano, antibiótico (*) : que destrói ou suprime o crescimento ou a reprodução de bactérias.
Antifúngico (*) : um agente destrutivo para fungos, suprime o crescimento ou a reprodução de fungos, ou é eficaz contra infecções fúngicas.
Antiviral (*) : um agente que destrói vírus ou suprime sua replicação.

Balanite : inflamação da glande.
Balanopostite : inflamação da glande e prepúcio.
Bolsa Escrotal : também chamada de escroto ou saco escrotal, localizada inferiormente ao pênis e com função de armazenar os testículos e seus anexos.
Bula (*) : documento legal sanitário que contém informações técnico-científicas e orientativas, que são disponibilizadas aos profissionais de saúde e usuários para o uso racional de medicamentos.

Cancro : úlcera, ferida.
Cervicite : infecção do colo do útero ou cérvix.
Cistite : infecção da bexiga urinária.
Clitóris : órgão da genitália externa feminina, relacionado com o prazer sexual.
Colo do Útero : também chamado de cérvix uterino é a porção mais inferior do útero, em contato direto com o fundo da vagina e que aloja o canal endocervical.

Dispareunia : relação sexual dolorosa. Dor na relação sexual.
Doença Inflamatória Pélvica (DIP) : Terminologia médica utilizada para designar infecção ascendente que acomete útero e/ou trompas e/ou ovários, em geral como complicação de DST. Pode ocorrer também em decorrência de uso de DIU, aborto ou até de parto normal. Caracteriza-se por um quadro agudo de dor pélvica, corrimento vaginal, distúrbios menstruais, dispareunia e sintomas sistêmicos como febre, vômitos e queda do estado geral.

Edema : inchação.
Endométrio : tecido que recobre o interior do útero cuja função é a de permitir e garantir a implantação do óvulo fecundado (ovo) e para o desenvolvimento da placenta. Fatores hormonais decorrentes de não ter havido gravidez promovem sua dissolução e eliminação (menstruação).
Endometrite : Infecção do endométrio.
Epidídimo : órgão alongado, intimamente ligado ao testículo (anatômica e funcionalmente) pela face posterior deste e que se continua no canal deferente
Epididimite : infecção do epidídimo.
Esmegma : substância branca e pastosa (sebo) de odor característico que eventualmente é produzida em maior quantidade e se acumula entre o prepúcio e a glande e também no clitóris feminino. Esta substância é produzida pelas Glândulas de Tyson e tem a função de evitar o ressecamento da região. Nos processos inflamatórios (balanopostites) costuma ocorrer um aumento da sua produção.

Fimose: é o nome que se dá à dificuldade ou impossibilidade de exposição da glande. Decorre do menor diâmetro do prepúcio ("anel" prepucial) em relação ao diâmetro da glande. Em outras palavras: o prepúcio é mais estreito que a glande, dificultando ou impedindo sua passagem pela mesma. Pode ser congênita (a pessoa já nasce com ela) ou adquirida (em consequência de balanopostites ou microlesões do anel prepucial). O tratamento é cirúrgico e a cirurgia denomina-se Postectomia.
Fômites : termo utilizado na medicina para designar objetos ou substâncias com capacidade de reter e veicular o agente de alguma doença infecciosa (bactéria, vírus, fungos etc) de uma pessoa para outra. Exemplos: toalhas, roupas, mangueiras de chuveiro, maçanetas, vasos sanitários, corrimãos, instrumentos médicos não descontaminados etc.

Glande : extremidade distal do pênis. "Cabeça" do pênis.
Glândulas de Tyson : glândulas localizadas na junção entre o prepúcio e a glande, produtoras do esmegma.

Morbidade : capacidade de produzir doença. Índice de morbidade: número de casos de uma doença em um determinado grupo populacional.

Parafimose : situação em que o prepúcio estreito, após ser forçado a passar pela glande e não retornado imediatamente para a posição anterior, comprime o corpo do pênis com uma intensidade que dificulta a circulação do sangue e com isso causando um edema acentuado e progressivo da extremidade do pênis que, por sua vez, dificulta cada vez mais o retorno do prepúcio a posição inicial. Trata-se de uma emergência urológica e a pessoa (atinge principalmente crianças) deve ser encaminhada o mais breve possível para atendimento médico.
Pênis : órgão genital masculino.
Períneo : região anatômica situada entre os órgãos genitais e o ânus.
Período de Incubação : período de tempo decorrido entre a infecção e as manifestações clínicas da doença.
Postite : inflamação do prepúcio.
Prepúcio : pele que recobre parcial ou totalmente a glande.
Próstata : órgão do aparelho reprodutor masculino localizado na junção entre a bexiga e a uretra, cuja principal função é a de produzir substância que contribue para a formação do sêmem.
Prostatite : infecção da próstata.
Prurido : coceira.
Purulento : que contém pus.

Testículo : gônada ou glândula sexual masculina. Em número de dois, localizados no interior na bolsa escrotal (saco escrotal), são responsáveis pela produção dos espermatozóides e dos hormônios sexuais masculinos.

Úlcera : lesão na superfície da pele ou mucosa, causada pela perda superficial de tecido, geralmente com inflamação.
Uretrite : infecção da uretra. Sintomas característicos são a secreção uretral e ardor ao urinar e/ou prurido uretral.

Vagina : genitália interna feminina.
Vaginismo : disfunção que se caracteriza pela contração involuntária da musculatura perivaginal, impedindo ou dificultando muito a penetração vaginal.
Vaginite : infecção da vagina. Corrimento vaginal.
Vesícula Seminal : órgão do aparelho reprodutor masculino localizado na região inferior da bexiga, cuja função é a de produzir uma substância (líquido seminal) responsável pela nutrição e proteção dos espermatozóides maduros.
Vulva : genitália externa feminina.
Vulvite : infecção da vulva.
Vulvovaginite : infecção da vulva e vagina.


(*) Definições extraidas do site da ANVISA do Ministério da Saúde.

VEJA TAMBÉM
NESTE SITE:


Cancro Duro - Sífilis
Cancro Mole
Candidíase
Herpes Simples Genital
Gonorréia
HPV/Condiloma acuminado
Linfogranuloma Venéreo
Granuloma Inguinal
Pediculose do púbis
Hepatite B
AIDS
Infecção por clamídia
Infecção por trichomonas
Infecção por ureaplasma
Infecção por gardnerella
Molusco Contagioso
Anatomia Genital
Generalidades
Sexo Seguro
Gravidez e DST








Cancro Duro | Cancro Mole | Candidíase | Herpes Simples Genital
Gonorréia | Condiloma acuminado/HPV | Linfogranuloma Venéreo | Granuloma Inguinal
Pediculose do púbis | Hepatite B | AIDS | Infecção por clamídia | Infecção por trichomonas
Infecção por ureaplasma | Infecção por gardnerella | Molusco Contagioso
Anatomia Genital | Generalidades | Sexo Seguro | Gravidez e DST

Topo | Home Page